segunda-feira, 14 de maio de 2012

visita ao museu

Fomos ao museu. professores e alunos. Noto as salas vazias do Berardo, lembro um museu em Espanha onde tínhamos de encontrar um buraco para espiolhar as obras, entre hordas de crianças de escola. Não há lá muito movimento por aqui; o guia é bom mas os alunos mais rebeldes torcem o nariz, não, isto não me diz nada, uma placa de ferro no chão...Arte? reparo num facto insignificante: em Belém é o McDonalds que detém unanimidade. Seja como for, a atmosfera calma, a beleza dos objectos nas suas poses expectantes, a existência de um espaço onde se exige um novo olhar ou, quiça, uma limpeza no olhar e um desafio aos nossos hábitos, só por si, teriam valido esta visita.

4 comentários:

R. disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
R. disse...

Valeu certamente a pena. Mesmo para os que torceram o nariz poderá ter constituído um ritual iniciático ;) Quem sabe se, de entre esses, alguns não virão a render-se à arte!

Abraço grande.

ss disse...

Estou de acordo com R., é preciso também ensinar a gostar da arte.

bjs

via disse...

R: inclino-me mais para a hipótese de um ritual entediante, esperemos que tenha sido iniciático...inveja do teu optimismo à prova de bala!

ss: agora percebo que afinal já cá tinhas vindo antes do último post que comentei primeiro, sendo assim repito, calorosamente.