domingo, 22 de julho de 2012

praia


Para além de achar que me faria bem ir a banhos, arremessar-me para a água como se não houvesse amanhã,(entretanto penso que, não sendo propriamente uma idiota,  é como me sinto metendo água por todos os poros e engrossando a fila dos insatisfeitos de calções) vou a banhos como quem vai segurar ondas na prancha semi-cerrada das pálpebras. Restam-nos as praias senhores, já que o resto flúi para debaixo da tampa do alçapão como se de vergonhas se tratasse - falo do país - deste que também não vê nada nem quer.

3 comentários:

sónia silva disse...

Mergulha nessa insatisfação mas vêm à tona!
beijos e bom descanso
:)

L.S. disse...

salva-nos o mar..
Boas férias.

via disse...

sónia: já vim.

LS: sim, acolhe-nos. obrigada.