domingo, 26 de setembro de 2010

a gaivota, again



não vou resistir à tentação de apanhar o comboio e desaguar no S. João para assistir a umas quantas horas de recriação da peça mais bela. nem sei porque estou tão apaixonada por este texto, mas estou, mesmo.

6 comentários:

R. disse...

há paixões assim: inabaláveis! E depois de desaguar no S.João, a cidade é todo um mar :)

Abraço!

via disse...

R: e é, será preciso, depois, navegar!

Loopy disse...

e quando vires a encenação, esta encenação, ui! vais ter um piparote! :D ``

Loopy disse...

e quando vires a encenação, esta encenação, ui! vais ter um piparote! :D ``

JPD disse...

Trata-se de «A Gaivota» de Tchekhov?

Presumo ser.

Deixo aqui uma sugestão de leitura:
«Os Dias Contados»
José Sasportes
Dom Quixote

Uma delícia

via disse...

loopy: sei que mete água, pelos tornozelos, deve ser custoso para os actores. mas estou curiosa.

JPD:Essa mesma! vou ver!