domingo, 21 de junho de 2009

filmes

State of play, traduzido por Ligações Perigosas, e mal traduzido porque há pelo menos outro filme com o mesmo nome, é realizado por um puto que vem dos documentários Kevin MacDonald, e é um excelente filme. Tem um bom argumento, actual conflituante, uma montagem de cortes abruptos inovadora porque se dá por ela, isto é, apesar da história estar bem contada e nos absorver de uma ponta à outra, deixando para o final as revelações e o desfecho, marca da qualidade do filme, o aspecto formal, a realização, nota-se, não está submersa no conteúdo. Daí a satisfação, o prazer de ver uma obra de arte, rara, no meio do lixo em catadupas do cinema americano actual. Depois os actores, a começar por Russell Crowe, o protagonista, reavivando os velhos mas não acabados mitos do jornalista livre e fiel à verdade, próximo das pessoas, conhecedor das suas fraquezas e forças, imune aos vãos artifícios do poder seja material ou político, gordo, solitário, idealista. Ben Affleck que luta contra a imagem de marca hollywoodiana do puto rebelde e corajoso, para fazer um trabalho de contenção com nuances insuspeitas, a directora do jornal, a fabulosa Helen Mirren, perfeita na dicção british, Robin Wright Penn, a mulher desejada e indecisa e os outros, todos, excelente casting. O resto cinema em estado puro, acção, sentimento, situação. Imperdível!

7 comentários:

mixtu disse...

imperdível...
na verdade já lá vai o tempo que o homem trazia na sua carrinha o cinema à serra, e no mercado... os pastores viam uma boa cowboyada...
mas se esse tem um puto do mac donald... bem aí vamos ver... yayaya

abrazo serrano e bom cinema...

Martini disse...

tENHO QUE ver!!!!

Martini disse...

Olá!!

Voltei!

via disse...

mixtu: calhando o tipo ainda é da família das gentes do hamburguer! mas não se nota, juro que não!

martini:Olá, bem aportada sejas!

Ana Paula disse...

Agradeço-te a sugestão! Pelo que referes, vou gostar. Fiquei super-interessada. Gosto de bom cinema, assim como o classificas: em estado puro :)

Pois é, pelo título, se calhar, não ia lá...

Ana Paula disse...

Passo para te dizer que fui ver o filme e... é super! Cinema em estado puro. Gostei muitíssimo!

Obrigada :)

via disse...

Ana Paula: ainda bem que gostaste, curiosamente já vi críticas negativas, resta saber se nesta aridez de bons filmes estes tão exigentes críticos só podem sentir-se a pregar no deserto!