domingo, 7 de junho de 2009

Votar ou não votar nos chulos da europa. voto branco.quero dizer não acredito na eficácia de um parlamento com 700 pessoas. destas 700, 200 devem ir às reuniões e dessas 200, 100 estão a dormir...e mesmo que fossem as 700 como pode algo ser decidido entre 700 pessoas?? brincamos...visto-me sim senhor para ir à escola cumprir o dever, visto-me para ir não votar, that´s all! redução ao absurdo da polítiquisse!

6 comentários:

Cassandra disse...

hear, hear :))

g disse...

Eu não deixo que ninguém escolha por mim, e já houve tempo em que assim não foi, disso eu não me posso esquecer e também por respeito a quem tanto lutou para que assim pudesse ser.

via disse...

cassandra; também tu, Brutus??

g: escolhi um voto, acredito no poder do voto, só não acredito na necessidade de votar em partidos para a Europa.Quantos dos que vão para a Europa lutaram para que pudéssemos votar?

Ana Paula disse...

Não penso tal e qual, mas respeito a tua opinião. Não deixas de ter razão, ao apontares a quase-inviabilidade desta presumível Europa unida.

Um beijinho :)

Anonyma disse...

Confesso que há uma coisita mesmo que ainda não percebi...
Com tanta eficiência e eficácia administrativa como é que os nossos dignos representantes ainda não são avaliados?
Grumpfff!

via disse...

Ana Paula:a sua real existência e eficácia política é deveras duvidosa!

Anonyma:Pois essa é que era! Mas foram avaliados nas urnas sim senhor, 62% de abstenção é igual a insuficiente, se fosse como no ensino, 62% de insucesso em todas as frentes era caso para avaliação negativa! mas os tipos assobiam pro ar!