domingo, 10 de outubro de 2010

doclisboa

Aí está uma nova edição do doclisboa, (é por estas e por outras que é bom viver perto de Lisboa). Temos "à mão" documentários impressionantes. Alguns exemplos: há dois anos, passou um sobre uma casa em Paris (pós 2ª guerra) onde habitavam famílias de judeus exilados, o seu sentido de comunidade, as trocas, a ajuda, a alegria apesar da pobreza e da difícil situação. Ainda um outro sobre uma comunidade de famílias egípcias no Cairo que habitavam o cemitério e faziam dos túmulos casas de habitação. Chamava-se a Cidade dos mortos. Outro ainda com uma câmara oculta relatava as consultas de um médico de clínica geral numa vilazita de província, as situações que por lá passavam eram no mínimo caricatas, trágicas ou apenas risíveis. É surpreendente o papel do médico em determinados lugares, as suas funções ultrapassavam largamente a prescrição de medicamentos e o dianóstico. Só boas surpresas. Este ano o cartaz é também muito bom. A não perder.

5 comentários:

R. disse...

Absolutamente! E acrescenta-se a isso a trienal de arquitectura entre tantas coisas mais. Por analogia com um 'slogan' bracarense, é caso para dizer: 'É bom viver em Lisboa...'

Abraço e muito bom proveito!!

Cassandra disse...

A Cidade dos Mortos foi no Indie, não foi? Anyway, a ver. Skinhead Attitude, The woman with 5 elepnhants, Freedom Riders, El Sicario, The word is out...tanta coisa tão boa:)

ss disse...

Ainda ontem vi o cartaz e fiquei a 'salivar'.
:)

JPD disse...

Vou estar atento.
Bjs

via disse...

R: Obrigada.É bom viver por cá, não podia estar mais de acordo.
mas é um pulo de 3h de Braga a Lx.

cassandra: nops. doc.pois é, aliciante.

ss: vale a pena!

JPD:há certamente filmes que te vão interessar.