quarta-feira, 21 de abril de 2010

Joanna Concejo




Joanna Concejo (ilustração)
a palavra justa para descrever sensibilidade, será sensibilidade mas se não chegar então o melhor é colocar por perto uma figurinha, uma pequena poça de água, uma árvore muitíssimo despida ou, talvez , um suspiro, (como poderá ilustrar o suspiro?) ou um casaco velho com bolsos cozidos ao forro, uma meia com um buraco no dedo grosso do pé, uma borboleta esvoaçante ao redor do pescoço, os dedos finos abandonados sobre o parapeito da varanda. A sensibilidade usa-se ou deslumbra-se? descobre-se ou esconde-se na página seguinte? Uma delícia que vivamente se recomenda.

5 comentários:

R. disse...

Uma delícia em forma de encantamento e breve evasão. Uma imagem arrebatadora. Uma impressão que suspende fugazmente o tempo. Obrigada, Via.

ss disse...

Depois da divulgação aqui feita fui pesquisar. As ilustrações são maravilhosas.
:)

JPD disse...

Estarei a pensar bem se se tratar de ilustrações para livro para crianças?

Mas então o título... FUMO.

O Google ajudou-me a formar uma boa ideia, tal é a enorme quantidade de reproduções que exibe.

Terei de ver o livro para resolver a questão do título.

Bjs

CCF disse...

É um livro? Uma exposição? DE qq modo é bonito o que escreves "sobre"...
~CC~

via disse...

R: comungo do obrigada em resposta às tuas poéticas palavras!é mesmo uma delícia!

ss:o livro é carote mas compensa!

JPD:só a imagem da capa nos aguça o apetite! não é só para crianças, é para todas as idades (as crianças muito pequenas não iriam entender)

CCF: é um livro! não fui lá muito clara! mas a parte melhor do livro não é a história são as ilustrações!