terça-feira, 31 de março de 2009

o amante funcionário

ninguém esqueça que o amante é funcionário
pega, despega a horas e desoras
acotovela-se na fila
e, às vezes, deixa escorregar a pérola que tráz na íris
e rodopia do lóbulo da orelha para os papéis amontoados no chão

o amante raramente sai à rua sem o modo funcionário dobrado debaixo do braço
e uma praga debaixo da língua
protela e recolhe
e só depois faz o gesto da anca
tarde
já os pássaros debicaram a pele
e a esfregona da mulher da limpeza
se abateu sobre o patamar da escada

o amante está para a anca
como o funcionário para o relógio
vigia-a cuidadosamente
e sempre que o ponteiro pára
sai pela janela a voar.

5 comentários:

as velas ardem ate ao fim disse...

Olha lindo!

Esta tua maneira de esvrever.

bjo

Ana Paula disse...

Também adorei!

O amante funcionário...humm, isto dá-me bem que pensar :)

É uma imagem e tanto!

Boas (mini) férias...

Rui disse...

No âmbito do Amantex - programa que pretende simplificar alguma da burocracia a que as relações humanas estão sujeitas -, foi criado o amante na hora, que permite a (quase)todos tornarem-se amantes por conta própria.

g disse...

Este amnate funcionário até a mim me põe à espreita...

via disse...

as velas ardem até ao fim: esta minha funcionária maneira de escrever!! bjo para ti

Ana Paula: parece uma queixa e é, uma queixa. Boas férias|

Rui:eheheh, essa tá boa sim senhor...e simplifica a coisa! Bem vindo aqui ao obviário!

g: e são reconhecíveis...bem vinda aqui a este espaço!