sábado, 10 de janeiro de 2009

A TROCA

" The Changeling" é o novo de Clint Eastwood. O cinema americano com valores de produção exemplares, a reconstrução das ruas de Los Angeles nos anos 30 é de uma elegância e de um apuro suficientes para nos recostarmos e usufruir a good moovie; depois há o argumento, a história verídica de uma mulher que de pacata mãe se transforma em ariete de arremesso contra o status. Embora Eastwood seja um clássico, tem uma coisa que o separa dos grandes mestres: o modo de tratar a mulher como protagonista, dona da força, a que gera os acontecimentos e faz história, nesse aspecto afasta-se do Walsh e do Ford, ainda misógenos. Os actores são brilhantes na contenção e sobretudo na seriedade, os olhos da Angelina perduram de cena para cena desbotados de um azul cobalto lançado como em precipício sobre as personagens. Brilhante!

3 comentários:

Cláudia Oliveira disse...

Estou mt curiosa acerca deste filme, pois sei que tal como de costume Clint Eastwood não me vai decepcionar, mt pelo contrário, vai me surpreender da melhor das formas. Espero a altura de ter oportunidade de ver este " The Changeling" =)

Belo comentário

via disse...

cláudia Oliveira: os filmes de Eastwood nunca nos desiludem, são verdadeiras obras, bem feitas, bem acabadas, sólidas. Bons filmes!

Ana Paula disse...

Também gostei e muito!

Agradeço a visita :)